Search

Em transição

Nos últimos meses eu me percebi chegando a um limite máximo de meu hd interno. E quando nesse ponto surge uma urgência no esvaziar. Esvaziar liberando tudo aquilo que é supérfluo, a mais, em excesso, inútil.

Um exemplo, ao parar para assistir um vídeo ou filme na internet, já observo o tempo total de duração. Se for muito longo já sinto desânimo. Sinto que não estou mais presente e fico impaciente. A tentação em acelerar o vídeo. Dar um clique. Clique. Clique. E assim acabo procrastinando os cursos, adio obter mais conhecimento, rearranjo a agenda. Clique.Clique.

Um desconforto me faz mudar, sair dessa atividade, necessidade de desconectar para conectar. Mas percebo um delay, não tomo atitude de imediato. Parece haver um magnetismo.

E nesse processo todo eu percebo que a arrumação do hd lotado alivia a agenda. Consigo as pausas tão necessárias. Descubro que nas pausas eu vivo. E surgem espaços para alargar essa VIDA.

Prolongar a vida é isso. Criar mais espaço para ela no momento. Contemplar, agradecer, honrar.




Recent Posts

See All

*"A religião não é apenas uma, são centenas.* *A espiritualidade é apenas uma.* *A religião é para os que dormem.* *A espiritualidade é para os que estão despertos.* *A religião é para aqueles que nec